fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar

Visto japonês

Visto Japonês

O visto japonês de trabalho é concedido para descendentes de japoneses de primeira (ISEI), segunda (NISEI) e terceira (SANSEI) geração, além de seus cônjuges e filhos destes caso sejam menores de idade.
As regras e documentos exigidos variam de consulado para consulado. Descrevendo em alto nível podemos afirmar que todos os descendentes de terceira geração (SANSEI) e seus cônjuges necessitam da Certidão de Elebilidade, exceto os requerentes residentes nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e cidades do Triângulo Mineiro.

A avaliação de documentos por parte dos consulados japoneses tem se tornado mais rigoroso a cada dia, alguns dos motivos que contribuíram são: casamento de contrato entre descendente de japonês e brasileiro não descendente, adoção a base de contrato entre japonês e brasileiro, cônjuge de descendentes que ficaram no Japão depois do retorno ao Brasil da parte descendente de japonês, pessoas que utilizaram da Ajuda de Repatriação (Kikoku Shien)na época da crise econômica de 2008 à 2009 (Lehman Shock), crimes com envolvimentos de descendentes de japoneses brasileiros no Japão, entre outras problemáticas envolvendo brasileiros.

Questionamentos comuns dos solicitantes de visto japonês

  • Não sou descendente de japonês, mas aprecio a cultura japonesa. Como devo proceder para conseguir o visto de trabalho?

    O visto de trabalho é concedido especialmente para descendentes de primeira, segunda e terceira geração, além de seus cônjuges, ou seja, não há possibilidade de requerer o visto de trabalho. Há vistos específicos destinados para profissionais qualificados (professor de línguas, jogador de futebol, cantor, etc.) e vistos para estudantes (há restrição de carga horária semanal de serviço que impossibilita serviços em fábricas).


  • Meu cônjuge é descendente de japonês, pretendemos solicitar o visto japonês, porém meu cônjuge não pretende ficar no Japão, haveria algum problema futuro?

    O visto de trabalho é concedido especialmente para descendentes de primeira, segunda e terceira geração, além de seus cônjuges. O visto japonês concedido ao cônjuge não descendente de japonês é com o intuito de não separar a família, ou seja, não é permitido que a parte não descendente permaneça no Japão na ausência de seu cônjuge descendente de japonês. Quem desobedece esta regra está propenso a não conseguir novamente o visto japonês junto ao Consulado do Japão.


  • Tenho um filho de 17 anos que é de quarta geração (YONSEI) epretende ir conosco para o Japão, consigo visto?

    O visto japonês para pessoas de quarta geração (YONSEI) é concedido quando o filho requerente é menor de idade e não possui familiares (avôs de parte de pai e mãe, irmão(ã) maior de idade, etc.) que possam responsabilizar-se pelo seu bem-estar. No caso apresentado há a possibilidade de sucesso no pedido de visto japonês, mas será necessário redigir uma declaração que possua argumentos convicentes.


  • Na última vez que fui ao Japão não precisei apresentar tais tipos de documentos ou/e declarações, por que preciso desta vez?

    Como foi explicado anteriormente, tivemos muitos casos em que requerentes de vistos utilizaram de artifícios irregulares, procedimentos que não estão em conformidade com as Regras de Imigração do Japão. Uma vez desmascarado, o Consulado do Japão passou a realizar uma análise mais criteriosas, isso explica o aumento de documentos a serem apresentados, declarações de Convivênia Marital e/ou de Erros de Nomes, maior tempo para a emissão do visto japonês para requerentes de terceira geração (SANSEI).


  • Utilizei da Ajuda de Repatriação (Kikoku Shien) oferecido pelo Governo japonês na época da crise de 2008 à 2009. Há algum complicativo para a solicitação de visto japonês e colocação no mercado de trabalho japonês?

    Os documentos requeridos para uma pessoa que usufruiu da Ajuda de Repatriação do Governo japonês são obrigados a apresentar documentos traduzidos (RG, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Certidão de Óbito, Atestado de Antecedentes Criminais da Polícia Civil e da Polícia Federal), comprovante de endereço dos últimos 6 meses, Contrato de Trabalho de um ano de duração da futura empresa contratante, além do prazo de 4 meses para a liberação do visto japonês. Observação: o Consulado do Japão concede o visto japonês no compromisso do requerente de visto trabalhar por pelo menos um ano na empresa que lhe concedeu a documentação para visto japonês.
    Em relação às empresas contratantes também observamos sérias restrições, poucas empresas estão aceitando candidatos com este histórico profissional.


  • Na última passagem pelo Japão deixei de quitar compromissos (contas de telefonia, tributos do Governo). Este fator poderá trazer dificuldades na concessão do visto japonês pelo Consulado do Japão?

    Não há como garantir sucesso no requerimento de visto japonês.
    Vale ressaltar que compromissos assumidos, seja com órgãos públicos ou privados devem ser cumpridos a risca. Procedimentos deste tipo endurecem as regras de imigração e diminuem a confiança dos japoneses em relação aos brasileiros.

Serviços relacionado à Visto Japonês

Análise de Documentos

Possuímos profissionais com profundo conhecimento das regras para solicitação de visto japonês de cada Consulado do Japão, garantindo sucesso na requisição de visto japonês.

Pedido Koseki Tohon

Para renovação de visto japonês junto ao Órgão de Imigração é aceito qualquer modelo de Koseki Tohon. No caso de Consulado do Japão no Brasil a situação é diferente. Para cada caso é exigido um modelo em específico.

Composição Declaração

Há casos em que a declaração é necessária: Erros de registro de nome (Koseki Tohon x Documento brasileiro), Convivência Marital, Data de Nascimento antes da Data de Casamento dos pais, Solicitação de visto japonês para filho de quarta geração acompanhar pais, entre outros tipos de declaração.

Tradução de Declaração

Todos os tipos de declarações deverão ser traduzidos. As traduções são elaboradas de forma rápida por nossos profissionais de vistos.

Garantidor do Japão

Fornecemos documentos de Garantia de Visto do respectivo futuro Contratante. Neste caso dispensa a apresentação de documentações de familiares do Japão.

Certidão de Elegibilidade

Providenciamos a Certidão de Elegibilidade caso o parente no Japão resida nas províncias de Aichi, Gifu, Shizuoka, Mie, Fukui, Ishikawa, Toyama. Consulte-nos!

Responsável da Análise para Visto japonês

Atala S. Fang

Departamento Gestão Documental

Necessita requerer um novo Koseki Tohon? Possui dúvidas em relação ao visto japonês? Preencha o formulário ao lado que lhe retornaremos o mais breve possível.

Atendemos de segunda à sexta-feira das 9 às 20 horas

Observação: a despesa para a solicitação de um novo Koseki Tohon é de R$150,00. O prazo de recebimento após a solicitação é de aproximadamente 30 dias.

Dados para depósito bancário: Banco Itaú - Agência no. 0177 - C/C no. 09082-6 - Empresa Nipo Brasileira de Serviços Corporativos Ltda. - CNPJ no. 68.138.809/0001-18
Para pagamento via cartão de crédito:



Avenida da Liberdade, 91 - Edifício Vera Cruz - 7o. andar - cj. 73 - Liberdade - São Paulo - SP - CEP 01503-000

comercial@intimetour.com.br

+55 11 3588 1333/5081 4917